English French German Spain Italian Dutch

Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Nojo de pinto (18+)

ATENÇÃO: O conteúdo deste post tem conteúdo adulto. Se for menor de idade, ou não gosta de conversa sobre sexo e nudez, feche imediatamente a janela.

Como a enquete do blog indica que a maioria dos visitantes são mulheres (!!!), vou aproveitar o espaço para tirar uma dúvida. O papo será sobre os filmes eróticos para mulheres. Aliás, pra ser mais apropriado, será sobre os filmes que diretores heterossexuais assumem ser direcionados para mulheres.
Provavelmente você já viu esse tipo de filme em canais como a Band ou canais pagos como Max Prime ou Multishow... Aqueles filmes de sexo em que não se vê o pênis dos atores. De vez me quando - BEM de vez em quando - aparece uma ou outra cena do pênis, e quase nunca ele está em riste.
Quando vejo esses filmes eu fico pensando... Tipo, dá pra perceber muitas vezes ali que o sexo é simulado. Tipo, nem ao menos penetração há, dá pra notar pela posição, é só observar. Mas mesmo se acontece cenas de sexo de verdade, com atores pornôs rated-X consagrados, você nunca vê um pintinho sequer.

Uma vez li em um blog feminista -  esqueci qual foi, perdão - que é assumido por essas produtoras de filmes soft que as mulheres não gostam de ver um pau duro. Acham vulgar demais, grotesco. E eu pergunto das visitantes que se sentem confortáveis em conversar sobre sexo: isso procede? Mulher não gosta de ver um pau duro?


Bem, acho que é de noção de todos que o homem é de fato um ser que é mais estimulado sexualmente pela visão do que qualquer outro sentido. Digo, o homem gosta de vídeos, fotos eróticas de um modo mais comum que a mulher, o que não quer dizer que não aconteça. Minhas amigas dizem que a mulher é mais guiada pela imaginação, fantasias... Não é tão fissurada num pornôzinho feito os caras... Mas isso quer dizer que mulher tem ojeriza de ver o pinto alheio?
Vocês se lembram da revista Íntima? Uma revista de nu masculino que trazia famosos que rivalizou com a G Magazine. Esta era direcionada ao público gay, enquanto a Íntima era uma revista direcionada ao público feminino. E a Íntima, no começo, não mostrava o pênis dos artistas fotografados. Com o tempo a revista cedeu e começou a mostrar essa parte íntima tão demonizada, talvez seja por reclamações das leitoras, ou porque as vendas caíram. Hoje em dia, a revista é apenas uma lembrança... E pra não dizer que a G Magazine só é consumida por gays, sou prova viva: já presenciei muitas moças comprando a revista. E agora? Será que a Íntima faliu porque as moças não compreendiam a ideia de não mostrar o pênis ou era pura falta de interesse no corpo nu masculino?


Enfim, voltemos a estudar os taís "pornôs para mulheres". Tá, diz-se que as consumidoras do produto preferem não ver pinto em riste por ser "ofensivo demais", ou talvez porque elas preferem imaginar o órgão... Mas tem um ponto curioso dessa história: os filmes mostram as mulheres nuas em pêlo, mostrando closes nada generosos na vagina caso tenha uma cena de masturbação, por exemplo. Durante as cenas de sexo, também há closes nos seios saltitantes... Enfim, essa lógica está certa? As mulheres se incomodam de ver pênis em riste, mas gostam de mulheres nuas, de ver vagina? Lembrando que os filmes são feitos para casais héteros, e a desculpa paraa pintos censurados é para as moças assistindo não se sentirem constrangidas.
É estranho como a sexualidade feminina, seja hétero ou homo, é tão reprimida , ou ignorada, na indústria adulta que parece que ela simplesmente não existe. Toda mulher transa de salto alto na cama? Toda mulher aceita sem titubear transar com uma outra mulher para satisfazer o fetiche do marido? Toda mulher aceita que o namorado ou marido leve os amigos para participarem da diversão? É tanto clichê que existe nesses filmes que às vezes acho que abusam da inteligência dos consumidores... Pelo menos os que não são homens héteros. Tudo bem que os filmes pornôs não são feitos para se refletir XD mas me pergunto o que as mulheres acham desse tipo de prduto supostamente feito para elas.
No fundo tamém aplica-se uma ideia que eu já tratei num post antigo: a nudez masculina, no ponto de vista de nossa opressora querida sociedade heterocentrista, é algo muito obsceno, baixo, nojento... Para a mulher é o ápice da carreira ser convidada pra posar nua na Playboy, já para os homens é o limite do desespero, falta de bom senso, e o ápice da necessidade de aparecer caso faça fotografias de nudez. E levando até o "meu espectro", nudez masculina é demoníaca porque é simplesmente "coisa de gay", afinal, é indecente demaaaaaaaais admirar um falo, de uma sem vergonhice sem tamanho. Um dia ainda tiro mais um post para analisar mais a ideia que permeia sobre a nudez masculina.

Pois bem, dou aqui meu parecer, mas também não quero me pronunciar em nome das mulheres, vai que estou enganado... O post de hoje nasceu de uma impressão minha, e gostaria que as visitantes do blog dessem sua opinião, é trocando ideias que a gente aprende as coisas. =)
Portanto, fica aqui a pergunta: mulheres tem nojo de pênis?

E aí, tira ou não tira???

8 comentários:

  1. Aqui vai, opinião de mulher:
    Não, mulher não tem nojo de pênis, mas somos criaturas românticas e sonhadoras, aliás, somos criadas e educadas pra sermos assim, então só agrada o erótico quando há amor envolvido.
    Acredito que essa é uma das hipóteses do porque o mercado pornô para mulheres não vinga, sua noção de sexo teria que ser mais física do que sentimental, sem afeto, a sexualidade parece suja, libertina.
    É um assunto pra pensar e se discutir por um booom tempo...

    ResponderExcluir
  2. Eu acho q mulheres tem uma visão diferente da sexualidade. Mais implícita que explícita. Olhar um pênis, e só ele, não significa muita coisa.
    Até mesmo no explícito a fantasia envolve bem mais a situação, a figura do homem que o aspecto do pênis.
    Muitas mulheres dizem fantasiar com situaçãoes em geral (elevador, avião, o bombeiro que vem apagar "fogos", policial de trânsito que resolve verificar algo mais,) do que pelo pênis em si.

    Bem legal o post.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que não vi esses filmes... bem, sendo mulher eu não me sinto constrangida em ver uma mulher nua. Acho que mulher nenhuma fica constrangida em ver o corpo de outra mulher, já que para nós é natural.

    Já o corpo masculino, bem, eu não me incomodo de ver nudez em fotos/vídeos. Mas sei de mulher que acha feio, ridículo, tosco, etc. E essas pessoas se dizem sexualmente bem resolvidas, então deve ser bastante comum. Talvez haja um certo machismo em tudo isso.

    E, vamos combinar, assim como existe mulher feia (estas ninguém mostra nuas) também existem homens muito feios e com o "bingolim" muito feio também. Aí é do gosto da freguesa, tem quem não goste de homem não-circuncidado, do tamanho grande ou pequeno, do comprido, do depilado ou não, do com veias, do que é muito mais escuro que o resto do corpo...

    E outra verdade em tudo isso é que a *maioria* das mulheres não precisa de nada muito gráfico mesmo em termos de erótica. No pornô para homens, geralmente, é tudo filmado com uma luz que mostra cada detalhe e com mega closes o tempo inteiro como você já disse. Mulher não precisa ver tudo, saca, pode ficar um pouco para a imaginação também.

    E depois, não sei se todas as mulheres são assim, mas acho que muitas vezes a gente tem contato com erótica, pode até se excitar, etc, mas não precisa necessariamente ir buscar um alívio sexual.

    Talvez por isso NEM SEMPRE ou NEM TODAS as fãs de yaoi relacionem o gênero com a pornografia.

    Eu me lembro de ouvir um cara dizer que se fosse mulher e estivesse de tpm, ia "bater uma siririca" e resolver o problema. Veja como isso mostra claramente que alguns homens acham que os problemas das mulheres são pura histeria. >.<

    ResponderExcluir
  4. Assim... Eu diria que "nojo" é uma palavra forte, mas que somos, de fato, incitadas a não gostar de ver. Mas isso é o retrato da sociedade mundial como um todo... O mundo é muito, muito machista, então, tudo o que envolve violar o homem é considerado errado. Já as mulheres... Bom, vc já disse tudo no seu post. Pra uma mulher, é o ápice da carreira posar nua, é o sinal de que ela finalmente é alguém... Ou seja, uma mulher só se torna "alguém" qdo satisfaz o prazer visual dos homens. Porque o homem existe para ser satisfeito, não é? Já as mulheres, não... Temos que nos dar por satisfeitas simplesmente satisfazendo um homem... É assim que acontece.

    Eu vi uma vez no Multishow (puta canalzinho ruim, mas aconteceu de eu ver isso) um programa sobre pênis... O cara era um artista e queria entender pq o nu masculino é um tabu tão absurdamente enorme... Principalmente se o penis tiver que aparecer. Ele visitou muitas faculdades, fez pesquisas e não entendeu pq, nos dias de hoje o pênis é um tabu, se nas obras de arte da antiguidade ele era tão bem representado. E parando pra pensar, é estranho mesmo né? As estátuas gregas estão todas com o pau pra fora. Mas hj em dia...

    O que eu acho que é acontece é que mostrar o pênis em uma imagem ou vídeo se tornou um tabu absurdo pq só quem vai ver são as mulheres (mto sexualmente oprimidas) e os gays (oprimidos em todos os sentidos). O mundo em geral é voltado para os homens héteros, e estes não estão interessados em ver um pênis então... Pra que mostrar? O que acontece é isso. Não existe isso de que "mulher tem nojo de pinto", o que acontece é que tudo o que fazem, fazem pensando exclusivamente em homens héteros, então só o que tem que mostrar é uma mulher arreganhada dando pra um cara e sendo chupada por uma (ou duas, ou três, ou quatro, ou cinco) mulher(es) ao mesmo tempo.

    Falando por mim, eu não tenho nojo de pênis não, mas tem alguma smulheres que simplesmente ficam desconfortáveis pela falta de costume de ver. Mas eu tbm não gosto de pornografia explícita demais não... Se eu ver um pênis duro cheio de porra, é claro que eu vou achar nojento. Eu, como mulher, prefiro uma coisa mais... Romântica não é a palavra, mas algo mais trabalhado. Realmente são os homens que gostam dessa pornografia explícita toda, eu prefiro ver algo que não pareça dois animais acasalando. Daí o que eu curto ou deixo de curtir não é a questão de ter um pênis ou não... É o conjunto todo da obra em si, a beleza. O pênis seria apenas um detalhe... Bom, é o que eu acho.

    Eu só acho que o pior nem é a escassez da nudez masculina, e sim o exagero da nudez feminina. Mas é o mundo machista, falocentrista e heterocentrista em que vivemos... E isso não vai mudar tão cedo, pq os pais (e infelizmente as mães tbm) ensinam os filhos (e filhas) a serem machistas tbm. E nossa, como isso dá certo. É uma pena, mas não vai mudar a menos que se mude toda a mentalidade da sociedade em geral... É um longo caminho até lá... Quisera eu estar viva para ver onde esse caminho vai dar... =/

    =**

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente? Acho que essa história de "pornô para mulheres" é pura hipocrisia pelos motivos que você mesmo citou no seu post. Eu mesma já assisti alguns desses filmes da Band aos sábados e ficava revoltada porque era mostrado pouquíssimo dos homens, ao mesmo tempo em que o corpo feminino era excessivamente exposto.

    Moral da história: não existe mercado pornográfico para mulheres. Existe o hardcore para homens, o soft, para homens mostrarem às namoradas, e o mercado para gays. Toda mulher que eu conheço que se interessou por esse tipo de conteúdo, foi atrás de filmes, fotos e revistas gays, porque eram os únicos que realmente focavam o corpo masculino... Mas algo realmente feito e pensado para mulheres hetero, eu realmente nunca vi.

    ResponderExcluir
  6. acredito que não tenha nada a ver com delicadeza feminina a maneira como a mídia retrata a sexualidade "segundo a visão das mulheres". utilizando-se mais do implícito e do sutil que a desenvoltura explícita das representações feitas por encomenda para os "machões".

    o que eu acho é que os homens não se sentem à vontade de serem tratados como OBJETO, tais como tratam as gostosas da playboy, sexy, etc. homens são criados para serem dominantes e fortes, e não para serem "coisificados", tornando-se meros produtos. já para as mulheres, que foram desde sempre tratadas como inferiores, não há mal nenhum em assumir essa posição de desejável, usável... e descartável! acabou que as próprias mulheres deixam essa visão machista de mundo tomar conta de si, acreditando que mulheres são mais sutis, mais românticas, que não podem ver lá aquele PINTÃO em pé pro lado delas e que quem não vê problema neles só pode ser puta, fácil, rodada...

    talvez por encarar a questão dessa forma, eu seja o completo oposto das mulheres que tem nojo de pinto. O desejo é uma coisa natural, apesar de ser esperado da mulher que esse sentimento seja mais reprimido, ao passo que no homem ele é enaltecido. Os tempos estão mudando, eu sei, mas ainda falta muito até que as pessoas consigam tratar desse assunto com a naturalidade e maturidade que ele merece, sejam homens ou mulheres.

    ResponderExcluir
  7. Sou mulher e hétero, me considero uma pessoa bastante sexual e ADORO ver cenas de sexo explícito, principalmente focando no corpo do homem.
    Mas nunca gostei da pornografia main stream, e é muito raro eu achar alguma cena de sexo hetero que me agrade (geralmente vejo sexo gay e yaoi/bara), tanto em histórias como em imagens, motivo:
    - Sempre é o homem agindo, e a mulher sendo um ser passivo, que só recebe as carícias, quando para mim me interessa muito mais o contrário.
    - Na maioria das vezes somente o corpo da mulher é descrito e dado ênfase, quando o que eu quero é saber do corpo do homem.

    Sobre o pênis: Oras, essa é uma das partes mais importantes do playground! =D Só me desagrada quando dão ênfase ao esperma, ou quando descrevem o pênis de forma exagerada.

    E sinceramente eu considero que a culpa de não "haverem" mais mulheres mais sexuais é da cultura, muita gente simplesmente assume que estou mentindo sobre o meu interesse por sexo, ou me colocam logo na categoria "puta", com todos os preconceitos relacionados a isso. Assim é difícil existir mulheres sexuais.

    ResponderExcluir
  8. Sou mulher e bi. Sinceramente, talvez eu seja um pouco mais sonhadora e romantica do que a maioria dos homems, mas que eu gosto de ver pau, eu gosto, tbm amo ver mulher nua, mas por alguma razão desconhecida, eu só me exito mesmo é com porno gay. Não vou nem tentar explicar, eu mesma não entendo. Mas eu acho que esses closes não são o tipo de coisa que mais me atrai, e eu admito que prefiro porno quando tem um romance pelo menos fingido. Coisa estranha, não?? Mas eu acho que sexo deveria ser feito com amor, e que para exitar ele tem que ser assim... Eu tenho fantasias sem amor, com brutalidade até, mas nenhuma que eu seriamente pense em por em pratica, são coisas que só valem no imaginario. Mas é ai. Mulher é um bicho complicado, e assim cm vc não define todos os homens com um padrão, o msm não pd ser esperado das mulheres. Sexualidade, afinal, é uma coisa muito pessoal, e eu imagino q deva haver os mais diferenciados gostos. Suponho eu que não dá pra dizer se uma coisa agrada ou não à um publico feminino, pois este em seu interior está infinitamente dividido em gostos e preferencias...

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade pra dar sua opinião: seu elogio ou sua bronca... Mas seja polido, comentários ofensivos não serão admitidos neste blog. Fiquem sabendo que todos os comentários são moderados.
E por favor, não faça spam e nAuM iXxCrEhVa AhXiM...

OBS: A opinião dos comentários não reflete necessariamente a opinião do autor do blog.